quinta-feira, 25 de junho de 2015

O dia em que Estaline encontrou Picasso na biblioteca

Um daqueles livros que se compra pelo título. Revela-se um romance histórico interessante. Setúbal, o Sado, várias gerações com ligações a regimes políticos antagónicos ( será? ). Cruza passado e presente de forma criativa.

Uma possibilidade para leitura de férias.


quarta-feira, 24 de junho de 2015

O ano letivo termina também para a biblioteca. 23 de junho era o dia marcado para a visita de estudo dos elementos da Comunidade de leitores que ao longo do ano preencheram o passaporte de leitura com um mínimo de 40 pontos ( quatro livros lidos e comentados ). 

Estivemos em Alcobaça que foi pretexto para lembrar a história trágica de Inês  através da leitura de três estrofes do canto III dos Lusíadas.





O vídeo que se segue é um precioso auxiliar na compreensão da história de Pedro e Inês. Tem alguns anos, mas será sempre uma referência.



 A Nazaré integrava os domínios do mosteiro de Alcobaça. Também lá estivemos.


Não pudemos fazer fotografias da Biblioteca Joanina da Universidade de Coimbra, mas foi uma visita que a CL não esquecerá. A magnanimidade do espaço, o aroma a mistério, a passado, a leitura, e a questão da preservação dos livros através dos morcegos tiveram um impacto impressionante nos visitantes.



No pátio da UC, o Rui,  explicou o que é a "A cabra"...Não ouvem a explicação mas encontram a resposta facilmente na Internet.

Foi em viagem que terminamos  o ano letivo 2014-2015. 
Em setembro estaremos de volta com novos desafios e novas propostas.

Até lá, BOAS FÉRIAS, BOAS LEITURAS!

terça-feira, 16 de junho de 2015

Leituras de férias

Ainda estão a tempo de requisitar na BE:

Um autor local;



Para quem gosta de poesia;


Quem conhece Teolinda sabe que vai ter prazer com a leitura;



Do mesmo autor de "O perfume";


Um livro viciante;



Boas leituras!



segunda-feira, 15 de junho de 2015

Turma com mais livros requisitados - 5.º B


Estes são alunos do 5º B, a turma que mais livros requisitou para leitura domiciliária. O Miguel Ângelo é estatisticamente o maior leitor. Gosta das coleções Diário de um Banana e Gerónimo Stilton.
No entanto, o livro mais requisitado pelos alunos em geral não pertence a nenhuma delas. Chama-se "O rapaz do pijama às riscas".


O livro que mais tempo esteve nas listas de espera chama-se "A culpa é das estrelas".




O tema da leitura ainda não está encerrado. No dia 23 de junho, a Comunidade de leitores vai em passeio até à Biblioteca Joanina da Universidade de Coimbra, entre outros pontos de interesse.

Até lá!

Lê um livro e constrói uma obra de arte

Um trabalho em esforço até ao final do ano letivo.    Nos dois últimos dias de aulas ainda alguns alunos estavam a entregar desenhos e biografias para dar resposta ao convite dos professores de matemática que os tinham desafiado a ler um livro relacionado com a disciplina para, a partir do seu conteúdo, construírem uma obra de arte. Foi assim que nasceu a última exposição disponível na biblioteca. Ainda pode ser vista quando  vierem levantar as fichas de avaliação com os vosso pais.













video

Enganam-se os que pensam que a matemática é um mundo muito próprio. Ela está no dia-a-dia, na leitura e na arte.

terça-feira, 9 de junho de 2015

Exposição "My House and My Bedroom"



Os alunos do 7ºF andaram a construir casas em miniatura. Só que estas casas foram construídas de forma a praticarem os conhecimentos adquiridos nas aulas de Língua Inglesa. Estão mesmo engraçadas e estão em exposição na biblioteca da nossa escola.








segunda-feira, 8 de junho de 2015

Exposição de "mobiles" na Biblioteca



















Estes mobiles foram feitos pelos alunos do 6º ano nas aulas de Educação Tecnológica. Com diferentes materiais, diferentes técnicas e muita imaginação, este foi o resultado. Estão muito bonitos. Venham vê-los à biblioteca!

Barraquinhas nos Enxertos


No próximo dia 9 de Junho, pelas 18 horas, vai haver barraquinhas na escola dos Enxertos. Barraquinha de “Comes e Bebes”, Barraquinha de “Expressão Plástica e Artesanato”, Barraquinha de “Artigos Têxteis/Lar”,
 Barraquinha das "Bifanas e Caldo Verde" e muitas surpresas!

domingo, 7 de junho de 2015

Oculis Calidarum



Há alguns anos que Vizela acolhe, como outras cidades de Portugal, algumas vivências romanas. A civilização romana ganhou raízes nesta região, devido aos "olhos de água quente" que abundavam em Vizela e que os romanos sempre apreciaram. São inequívocas as marcas desta presença dos romanos, embora a maioria dos vestígios se encontrem soterrados perto da bica da água quente, na mesma praça.
Na sexta-feira, iniciaram-se as festas com um cortejo em que participaram muitas escolas do concelho. Concentradas no "anfiteatro" da praça, assistiram ao 1º espetáculo romano.

Foi um fim de semana de calor, de noites de festa, uma oportunidade para aprender a brincar.