terça-feira, 30 de abril de 2013

Um mar de neurónios ao serviço da leitura



Tinha quase 10 anos quando entrei no Ciclo a primeira vez. Vinha com curiosidade e com vontade de aprender, principalmente coisas acerca do corpo humano (…). E eu, que já gostava muito de saber como tudo isto funcionava, decidi estudar Medicina para poder ajudar quando alguma coisa está “avariada”. Dentro da medicina, resolvi estudar especificamente o sistema nervoso, pelo que estou a tirar a especialidade de Neurologia.
Anuário 96 – Escola Preparatória Caldas de Vizela

   Estas palavras foram escritas há 17 anos pela Carla Maria da Costa Ferreira, nossa antiga aluna e atual responsável pela Unidade de Acidente Vascular Cerebral do Hospital de Braga.
   No dia 26 de Abril, para fechar a Semana da Leitura 2013, a Dr.ª Carla foi nossa convidada e veio cá para nos falar, entre outras coisas, da importância da leitura no desenvolvimento do nosso cérebro. Pelo interesse do tema em questão e simpatia e facilidade em comunicar da oradora, os 45minutos previstos para a sessão não só passaram num instante como demonstraram ser claramente insuficientes. No final foi literalmente “bombardeada” com questões levantadas por alguns alunos, professores e auxiliares. Falou-se de hiperactividade, dislexia, Asperger e outras patologias que condicionam a aprendizagem.
   À despedida deixamos no ar a possibilidade de a Dr.ª Carla cá voltar. Desta vez para falar um pouco com os professores que, muitas vezes, por desconhecimento e por falta de formação nesta área, não conseguem identificar nos alunos este tipo de patologias e posteriormente ajudá-los no processo de aprendizagem. Obrigada Drª Carla!

"Era uma vez um medo..."



online.jornaldamadeira.pt
Era uma vez um medo ...
Que tomava conta de mim,
Tudo parecia violento
Um terror sem fim.
Ele apoderava-se de mim
Até que os meus gritos chegaram ao silêncio.
Nenhum olhar me poderia salvar,
Era um medo de arrepiar.
Aquele 'para sempre' chegou fim,
O amor foi-se embora
Só resta a violência
Que ele me dá a toda a hora. 
Ganhei coragem
Disse que não
Fugi de ti
Livrei-me da maldição.
Agora só restam as memórias
Agarradas à minha pele
Por mais que as queira apagar,
Para sempre vão ficar.

Bruna Magalhães

Paula Silva

Teresa Pimentel 9ºC

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Dia Mundial da Dança


Neste dia, a nossa homenagem a esta grande mulher, bailarina e coreógrafa, Pina Bausch...
...e vale a pena ouvir com atenção esta mensagem...

Será verdade?

                                                                  www.facebook.com

...tudo que me tentas dizer se baseia em criticar..."



 www.avidaquer.com.br

Salto sem querer,
Grito sem vontade ..
Peço para morrer
Mesmo quando a vida ainda arde.

Olho-te com desilusão
Por me rejeitares.
Solicito apenas descrição
Só para não me magoares.

Se peço muito ...
Diz-mo então !
De que vale crer em algo
Se é ilusão ?

O que mais me fascina
É ainda ter capacidade de te amar!
Provavelmente estará na sina
Que eu tenho de te louvar.

Irónico é pensar
Que tudo que me tentas dizer
Se baseia em criticar,
Só mesmo para me derrotar.


Raquel Silva, Joana Pacheco, Sofia Coelho, Margarida Leal. 9ºC

domingo, 28 de abril de 2013

Dia Nacional do Sorriso

                                                                                                 nelsonaspen.com


Vantagens do riso para a saúde

  • Previne doenças
  • Aproxima-o dos outros
  • Estimula o cérebro
  • Rejuvenesce
  • Liberta-o
  • Exercita o corpo
  • Combate o stress
  • Queima calorias

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Com o fim de semana à porta...



                                                                                         freelancerfolder.com


Chegou ao fim a Semana da Leitura 2013. Foi uma semana vivida com muita emoção e muito stress. O nosso fim de semana vai ser passado a descansar. Bom fim de semana!

O nosso convidado: Hélder Magalhães







Hoje a nossa biblioteca recebeu a visita do escritor Hélder Magalhães, autor do livro "Avicella, a Princesa mais Bela". E foi precisamente esta história que inspirou esta atividade. Logo ao início, um grupo de alunos leu um resumo da história e em seguida todos cantaram uma canção que falava das suas personagens. Antes da sessão de perguntas ao escritor, houve um pequeno recital de poemas todos eles da autoria dos alunos. Obrigada Hélder Magalhães! Gostamos muito de o receber.

E foi assim o nosso sarau...

video

Xutos & Pontapes - Homem do Leme


Sozinho na noite
um barco ruma para onde vai.
Uma luz no escuro brilha a direito
ofusca as demais.

E mais que uma onda, mais que uma maré...
Tentaram prendê-lo impor-lhe uma fé...
Mas, vogando à vontade, rompendo a saudade,
vai quem já nada teme, vai o homem do leme...

E uma vontade de rir, nasce do fundo do ser.
E uma vontade de ir, correr o mundo e partir,
a vida é sempre a perder...

No fundo do mar
jazem os outros, os que lá ficaram.
Em dias cinzentos
descanso eterno lá encontraram.

E mais que uma onda, mais que uma maré...
Tentaram prendê-lo, impor-lhe uma fé...
Mas, vogando à vontade, rompendo a saudade,
vai quem já nada teme, vai o homem do leme...

E uma vontade de rir, nasce do fundo do ser.
E uma vontade de ir, correr o mundo e partir,
a vida é sempre a perder...

No fundo horizonte
sopra o murmúrio para onde vai.
No fundo do tempo
foge o futuro, é tarde demais...

E uma vontade de rir nasce do fundo do ser.
E uma vontade de ir, correr o mundo e partir,
a vida é sempre a perder...